Diadema: a 1ª Administração Popular do Brasil

Estamos no início da década
de 80, do século 20.
A resistência à ditadura
estava sempre presente
e se manifestava de formas
diversas,
desde os primeiros golpes, em
março de 1964.
E foram muitos golpes,
milhares os golpeados.
A classe dominante usou,
abusou
e parafraseou (por vezes)
a forma de fazer calar
dominar, oprimir, reprimir
a classe trabalhadora e a
população em geral
quer da cidade
quer do campo
com o tacão militar
a serviço da exploração e do
lucro
dos capitalistas.
A resistência foi se
esparramando
pelo asfalto
pelas estradas empoeiradas
pelas selvas
pelas ruas
pelas fábricas
pelas fazendas
pelos sindicatos
pelas escolas
pelas comunidades
pelas favelas
pelos bairros populares
pelas novas formas de
organização
pelos partidos políticos
grupos e tendências de
origem popular
todo esse movimento
foi chegando
foi chegando
foi criando
foi conquistando espaços
foi se confrontando
foi se metendo
foi se metendo…
e numa dessas se meteu
também no poder local
no município…
e foi assim que o povo de
diadema agarrou o seu título
de eleitor
meio mofado
meio envelhecido
dobrado em quatro
apostando numa mudança
também neste campo
da administração pública
com a marca popular e
democrática.
os de cima
até zombavam…
e não era pra menos
com máquinas,
dinheiro
e leis a seu favor,
sem falar
na manobra e no artificio
da sub-legenda e assim vai…
eis senão quando
o forró eleitoral chegou
se realizou
e depois da metade dos votos
contados
a música começou a virar
virou, virou e foi virando
e o baile foi geral.
estava eleito o primeiro
prefeito
vindo das fontes do povo.
o pt venceu as eleições
municipais em Diadema no
ano de 1982 depois de cristo.
o duro trabalho
de governar
começou sob o olhar dos 300
mil habitantes
do município de diadema
e sob o olhar
de alguns milhões de outros
habitantes
que viam ali
uma possível nova coisa
na res publica brasileira
e, é claro, também, sob o
olhar irado
e inconformado do poder
dominante.

(Valdo)

Esta entrada foi publicada em Polêmicas. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
To prove you're a person (not a spam script), type the security word shown in the picture. Click on the picture to hear an audio file of the word.
Anti-spam image