Eles estão invadindo o Planalto!

eles?
mas quem são eles?
calma, camarada!
calma, companheiro!
chegaremos lá
você logo vai sacar
aliás, você já deve ter sacado há algum tempo
e tem mais:
dependendo do lado e do olho
tem “eles??? e “eles???…
por exemplo:
o jornal da tarde do dia 22 de julho de 2003
página 1, capa, colorida, com foto e tudo
jogou na cara de todos nós
a seguinte manchete:
“eles estão invadindo a cidade???
a foto é bonita
e em cima dela a tal manchete d’ ???eles???
e eles estavam mais bonitos ainda
sorrindo e abanando lá do alto das janelas
do prédio ocupado
para os que estavam lá embaixo,
naquele momento, com certeza,
“eles??? se sentiram por cima
dos outros “eles???
eles?
mas quem são eles?
o dito jornal
porta-voz do outro lado d’ “eles???
estava se referindo aos sem-teto
da capital paulista e de são bernardo do campo
que numa noitada popular
meia-noite do dia 20 de julho
ocuparam o terreno da volks e 4 prédios
vazios
abandonados
? s traças
? s ratazanas
? s baratas
etc. etc. etc.
aos folhear este dossiê
você vai dar de cara
com a manchete citada…
mas,
e a invasão do planalto?
que história é essa?
de fato, essa história já faz parte da história
do novo brasil do século 21
e tudo começou em 2002
a invasão d’ “eles??? poderia ser resumida
em três lances concatenados:
a esperança venceu o medo, mas…
eles invadiram o planalto e…
o povo precisa retomar o planalto.

a síntese do cenário
pode ser resumida
em três breves capítulos.

capítulo 1
a esperança venceu o medo, mas…

a vitória da esquerda nas eleições de 2002
(mesmo com algumas legendas reconhecidamente
fisiológicas e oportunistas, isto é, “com
quem estiver no poder, estaremos lá???)
apontou para mudanças necessárias na
sociedade brasileira
os 53 milhões que depositaram sua
confiança na esperança de dias melhores
marcaram posição exigindo novos rumos
disseram um “não??? ao continuísmo do governo FHC
disseram um “não??? ? herança acumulada em 8 anos
herança esta que tem nomes como:
> desemprego em alta
> concentração de renda
> exclusão social
> socorro financeiro aos bancos, indústrias e fazendeiros
> submissão ao fmi
> arrocho salarial
> corte de bilhões nas áreas sociais
> reforma agrária sem solução e sob constante repressão
> dívidas externa e interna na casa do trilhão
> corrupção na impunidade
> violência em ritmo de crescimento acelerado
> compra de votos
> apagão
> privatização a galope
> saúde em filas
> educação no precário
> moradia sem teto
> segurança: “saio de casa e não sei se volto???
enfim, herança maldita é o nome do período do FHC
era e foi o “seu professor???
professor de quê mesmo?
chega! esqueçam o que escrevi
bom, mas foi contra tudo isso que o povo
apostou e segue firme exigindo
mudanças profundas para o país
foi em cima dessa onda da esperança
que o bloco da esquerda, com hegemonia,
subiu a rampa do planalto
o povão foi lá, aplaudiu e gritou:
agora é nossa vez de governar!

capítulo 2
… mas, eles invadiram o planalto e…

do outro lado, os velhos donos do poder,
a classe dominante,
engoliram em seco,
mas se prepararam para uma
operação de invasão do PLANALTO
apenas para exemplificar:
entraram no grande Conselho de
Desenvolvimento Econômico e Social
e se colocaram a postos para defender os
seus interesses
dizendo que estavam dispostos a colaborar com o
pacto social
proposto pelo novo governo
no congresso nacional
foram chegando
foram propondo
apoio aos novos tempos
mas exigindo altas contrapartidas
no executivo federal
foram mapeando
foram sondando
foram ocupando postos
deputados federais da sigla
do antigo governo e aliados
abandonaram seus partidos
e se colocaram ? disposição
para barganhas
para cargos
para verbas
para votar
para revotar
e até para aclamar
partidos antes inimigos da esperança
perderam o medo
e hoje são felizes
e até se dizem os grandes defensores
do brasil
e lá estão incrustrados nas alas e nas
salas do palácio do planalto
o bloco dominante está lá postado
em defesa das reformas
que lhes assegurem a continuidade
de seus planos
de seus lucros
de seus privilégios
que consideram invioláveis
e falam com a maior cara-de-pau e
sem-vergonha:
“nós somos a favor do brasil???!

capítulo 3
… e o povo precisa retomar o planalto

diante desse espetáculo de invasão do planalto
pela classe dominante
o povo, que depositou suas esperanças
na “esperança de um novo governo???,
começa a se inquietar
começar a se manifestar
começa a reclamar
dos rumos da sonhada esperança
o povo começa a sentir medo
e teme que os novos rumos prometidos
não se concretizem
o governo da esperança pede paciência
o apelo pode até ser razoável
contudo, temos a certeza de que a
credibilidade por parte do povo brasileiro
já está assegurada.
também temos certeza de que a credibilidade
exigida pelo mercado está assegurada
e muito acima do nível do necessário
para a chamada governabilidade
a questão que se coloca é a seguinte:
afinal, o governo da “esperança???
está a fim de dar prioridade
? credibilidade do povo
ou
? credibilidade do mercado?

este é um dilema que, certamente,
vai perpassar todo o mandato de Lula
quanto a isto não devemos nos atemorizar
com o que não podemos concordar é que
um governo dito popular e democrático
sucumba aos objetivos do mercado
e protele os objetivos da grande massa
da população brasileira
para o futuro
para depois
para a próxima gestão, etc.
a paciência do povo
foi historicamente sempre muito generosa
assim como também, quando esgotada a paciência,
a revolta foi muito mais
generosa e contundente.
os movimentos sociais
da cidade e do campo já vêm demonstrando
uma clara disposição de:
> combater a invasão do palácio do planalto
pelas forças de direita e dos que sempre
impuseram seus objetivos de classe dominante
em detrimento dos interesses populares
> batalhar para que haja de fato uma mudança
de rumo da política econômica do governo
rompendo com o continuísmo defendido por
setores derrotados nas eleições do 2002
> garantir a decisão soberana do povo – expressa
pela votação maciça – não permitindo que
nenhum “poder??? possa desvirtuar
invalidar
e menos ainda destituir a vontade popular
isto, sim, seria golpe
seria um atentado ao estado de direito
concluindo, sou de opinião de que somente
os movimentos sociais poderão
retomar o palácio do planalto
esta é uma das esperanças, mas não é a única
a história já mostrou em diversos momentos
que a esperança construída na “planície???
não pode esperar pela “esperança??? do
“planalto???.

Valdo/Yara
31 de Julho de 2003

Esta entrada foi publicada em Polêmicas. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
To prove you're a person (not a spam script), type the security word shown in the picture. Click on the picture to hear an audio file of the word.
Anti-spam image