Natal: que tal?

‎Circula na Internet:
“Que tal irmos a uma agência dos Correios e pegar uma das 20 milhões de cartinhas de crianças pobres e sermos o Papai ou Mamãe Noel delas? Vc nem imagina os pedidos inacreditáveis! Tem criança pedindo panetone, blusa de frio para a avó, etc. É só pegarmos a carta – podemos escolher qualquer cartinha e entregar o presente numa agência dos Correios até dia 10 de Dezembro. O correio faz a entrega!” (Copie e cole!)

Comentário de Marco Ruviaro:

“Que tal deixarmos de alimentar medidas assistencialistas hipócritas, recuperar todo o dinheiro roubado pelos trilionários — que estão sossegados aí pelo mundo afora, pouco se lixando para o amontoado de cartinhas no Correio que pedem blusas de lã para a vovó — e distribuir entre todos a riqueza que foi e é produzida por todos os trabalhadores fodidos e mal-pagos, de forma que ninguém morra de fome, ninguém mais peça esmola na rua, ninguém mais mande cartinhas inúteis para velhotes imaginários, estes meras estratégias de marketing da enganação capitalista??? Que tal??? Certamente seria uma medida muito mais eficaz…”

Esta entrada foi publicada em Polêmicas. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
To prove you're a person (not a spam script), type the security word shown in the picture. Click on the picture to hear an audio file of the word.
Anti-spam image