Sem bandeiras e sem fronteiras!

As classes dominantes, através da História, e os capitalistas hoje, sempre se apoderaram desse direito, impune e exclusivamente, circulando à vontade pelo mundo inteiro, explorando, oprimindo, roubando, pilhando, matando.

O legítimo direito de ir e vir, universal, pertence à multidão.

Um mundo sem limites, sem pátrias, sem bandeiras, que somente a multidão em luta vai conquistar.

Todos serão reconhecidos em qualquer parte do Planeta.

Nao existirá mais a figura do “estrangeiro”.

Esta é a perspectiva de uma sociedade igualitária, que a multidão vem construindo há milênios.

Esta entrada foi publicada em Polêmicas. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
To prove you're a person (not a spam script), type the security word shown in the picture. Click on the picture to hear an audio file of the word.
Anti-spam image